13 de Fevereiro de 2009

5 milhões voltam às aulas nesta segunda-feira; escolas estaduais entregam materiais e mochilas

da Redaçao Rádio Difusora

            Cerca de 5 milhões de alunos voltam às aulas nesta segunda-feira, 16 de fevereiro, nas cerca de 5.500 escolas da rede estadual de ensino de São Paulo. A Secretaria de Estado da Educação preparou uma série de novidades para os alunos dos ensinos Fundamental e Médio. São ações fundamentais para o salto de qualidade pretendido pela Secretaria para a Educação paulista.

            Todas as escolas estaduais já estão com os materiais escolares para os alunos - cada escola deverá definir a forma de entrega a seus alunos, desde que aconteça durante o início das aulas. Neste ano a Secretaria ainda determinou a entrega de mochilas a todos os estudantes. Outro fato importante na rede é que os alunos que precisam de aceleração terão recuperações aplicadas já no mês inicial das aulas, com materiais específicos.

            Os estudantes das escolas estaduais já terão acesso às mudanças na ortografia brasileira. Os guias curriculares e os materiais produzidos pela Secretaria já respeitarão as novas regras. Os professores, que já recebem capacitações da Pasta, agora têm informações on-line sobre o acordo ortográfico.

         Além das mudanças pedagógicas, a Secretaria destinou R$ 37 milhões para o "Trato na Escola" - R$ 7 mil às escolas para ações de revitalização, como pintura, limpeza, jardinagem, pequenos reparos e higienização.. Novecentas escolas da Grande São Paulo receberam latas de tinta e foram pintadas.

            Outros R$ 142 milhões foram liberados em janeiro para reformas em 225 escolas. As obras terão início neste ano. São de grande porte, seguindo necessidades das unidades. As obras foram projetadas para, assim que tiverem início, terem a menor influência possível nas aulas.

            "Trabalhamos firmemente para um início de ano letivo organizado, com novidades pedagógicas e estruturais. É importante a participação dos pais e responsáveis na vida escolar. Queremos que seja um ano importante para a evolução do ensino em São Paulo", afirma a secretária de Estado da Educação, Maria helena Guimarães de Castro.




<< Voltar >>