16 de Abril de 2009

Difusora dará mais um passo para digitalização

da Redaçao Rádio Difusora

Diretor da emissora estará presente no maior evento mundial de radiodifusores em busca de novidades do mercado

Entre os dias 18 e 23 de abril, a cidade de Las Vegas, localizada no estado americano de Nevada, vai sediar mais uma edição da NAB Show. O evento, que é organizado anualmente pela Associação dos Radiodifusores Norte-Americanos, reúne importantes empresas do setor de áudio e vídeo, além dos melhores especialistas dessas áreas. A expectativa dos organizadores é contar com 1.600 expositores e, aproximadamente, cem mil visitantes.

Já confirmaram presença nesse grande evento da comunicação mundial o Ministro das Comunicações, Hélio Costa, o presidente da Abert - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão, Daniel Pimentel Slaviero, presidente da AESP - Associação das Emissoras de Rádio e Televisão do Estado de São Paulo, Edilberto de Paula Ribeiro, deputados federais e mais de uma centena de empresários de rádio e TV do estado de São Paulo.

Na edição do ano passado o Brasil inaugurou um pavilhão para fomentar negócios com o mercado internacional. O sucesso do espaço foi tanto que movimentou a impressionante marca de US$ 1 milhão em vendas. A presença de visitantes também merece destaque, ultrapassando duas mil pessoas nos seis dias de exposição. Para esse ano a expectativa é ultrapassar todos esses números.

Por mais um ano, a Rádio Difusora AM de Assis, representada pelo seu diretor executivo, Cícero Coelho Pedrosa, membro da diretoria da AESP, acompanhado de sua esposa Isildinha Pedrosa, marcará presença na NAB.

O empresário lembra que a emissora já utiliza um transmissor digital, adquirido nos Estados Unidos durante uma edição dessa feira de tecnologia, sendo um dos equipamentos mais modernos do mundo, da marca Harris, modelo DX10 de 10.000 watts de potência. "A aquisição desse produto é o sonho de consumo de todo radiodifusor, já demos esse importante passo, agora tentaremos finalizar o processo de digitalização da emissora tão logo o Ministério das Comunicações defina qual será o padrão utilizado no Brasil", ressaltou Pedrosa.




<< Voltar >>